Publicado em 25/05/18

China, terra dos Mandarins

2018-05-23-02-38-52
China é um dos destinos mais interessantes do mundo e se vice gosta de viajar o milenar país é obrigatório para você. Seguindo a orientação de Simone de Beauvoir que escreveu o livro: A Longa Marcha, de 1955, Simone faz o seguinte comentário  – É inútil pretender descrever este país, ele pede para ser explicado. Concordo com ela. Seu milênios de história, suas complexidades e diferenças fazem de Zhōngguó, nome do país para os chineses que significa terra do meio, ou Centro do Mundo, um destino fascinante.

O que você vai fazer no China?

Em minha viagem tinha duas missões que eram pesquisar sobre as especiarias chinesas e visitar o lago Lugu onde ainda resiste os Mosusos, considerado o último matriarcado ainda vivo no planeta. Ir para China é uma ótima oportunidade para você sair da sua zona de conforto e conhecer uma nação que cresce e se desenvolve com muita velocidade, muita mesmo. Notei que a China estuda e já entendeu o Ocidente, mas o Ocidente parece que ainda não dá muita bola para a China.

Sugiro que você vá com a mente aberta e preparado para aprender, processar e compreender a cultura que parece vir para ficar. Você notou os anunciantes cuja publicidade podia ser ver na beira do campo na última copa do Mundo na Rússia em junho de 2018? Sim, os anúncios estavam em mandarim! Fui com a cabeça de que o chinês precisa se adaptar ao Ocidente, aos nossos costumes, mas voltei com a percepção de que o  nós que é que temos que nos adaptar e não vejo isso como algo ruim, apenas um fato.

Comida

Muita gente mesmo me pergunta sobre a comida na China. Garanto que você vai se surpreender, desde que não pense que a terra do Grande Muralha vai se adaptar aos seus costumes e lhe servir arroz, feijão,  bife e batata frita, que não vai.

Há uma enormidade de verduras, legumes e frutas, pode-se se comer  muitíssimo bem. A grande questão da China é a comunicação, portanto estude antes de ir, pesquise pelo menos o nome das coisas e ingredientes que você gosta. Sugiro visitar o canal Food ranger do animado Travor James, canadense que se aventura pelo mundo comendo.
Abaixo um dos seus vídeos mostrando um pouco da culinária de Sichuan e Yunnan, duas províncias conhecidas por possuírem uma gastronomia muito rica.

Um importante da culinária chinesa é você saber que vai encontrar uma gastronomia bastante apimentada, mas nem tanto condimentada, como a indiana por exemplo. Chineses adoram pimenta vermelha, há inclusive um montão de variedades encontradas em todos os restaurantes que você entrar. Destaque para a arredondada e aromática denglong jiao, usada muito para temperar os caldos dos hotpots e a deliciosa mistura de pimenta vermelha com amendoim chamada mala huasheng.

Hot pot
Ingredientes para hot pot em Beijing, China, maio 2018
Minha dicas para você que não come carnes e vai para a China. Aprenda o nome dos ingredientes que você come e que fazerão parte da sua dieta, isso ajuda na hora de se comunicar com os garçons nos restaurantes e hotéis. Inglês? Esqueça.  Mas e a pronúncia? Veja no fim deste artigo uma lista para mais dicas onde indico aplicativos importantes.
Milho: yùmi
Batata: Tǔdòu
Cogumelo: Mógū
arroz: mifàn, chao mifàn (arroz refoagado)
macarrão: miàn, chao miàn (macarrão refogado)
O que você nao vai encontrar, ou terá muita dificuldade são o leite e seus derivados como queijos, manteiga, requeijão e outros. Há pouco também chocolate, pães salgados e café (há, mas é caro e ruim).  Há opções diversas de chá, em geral verde, leite e queijo de soja como o famigerado tofú, mas pasmem o tofu chinês fica gostoso, eles sabem condimentá-lo bem, caso contrário não tem gosto de nada.
Outro questão que sempre aparece quando estamos falandode China é sobre ingestão de insetos, bichos exóticos e outras esquisitices. O Chinês tem uma gastronomia super rica que você sabe que não tem neguma relação com o cardápio do China In box da sua cidade, como você já sabe, a questão do exótico virou super turístico e depois de 5 minutos andando pelos espetinhos de insetos você vai perceber que aquilo não representa a rica tradição gastronômica chinesa. Mas se quiser visitar anote aí um endereço. Clique que fiz um mapa para você
Wang fu jing jie em Beijing

 

Roteiro

É possivel ir para China  sem um guia, ou agência, se você tiver um pouco mais de experiência e vontade de se aventurar. China é um destino bastante seguro, mas recomendo planejar bem a sua viagem. Não quer trabalho? Escolha um resort no Caribe, pague uma agência e boa viagem…

Passamos em um grupo de 5 pessoas pelos seguintes destinos: Beijing, Xian, Lago Lugu, Lijang, Macau e Hong Kong. Gastamos 3 semanas e considero que foi suficiente.

mapa-china
No mapa acima, não está inserido trecho Macau e Hong Kong.

Para saber mais leia os artigos

Decálogo de Mafra, dicas para quem quer ir para a China;

A Pequim de Marco Polo;

Sítio arqueológico dos antigos banpoos;

 

 

 

 

CATEGORIAS:
TAGS:
Autor
Prof. André Mafra

Andre Mafra

  Estudioso da área de culinária desde 2010, dedica-se a pesquisar e estudar sobre alimentação e especiarias. Realizou viagens aos… Continue lendo.

Error: Access Token is not valid or has expired. Feed will not update.
This error message is only visible to WordPress admins

There's an issue with the Instagram Access Token that you are using. Please obtain a new Access Token on the plugin's Settings page.
If you continue to have an issue with your Access Token then please see this FAQ for more information.

Instagram

Tópicos recentes

Comentários

Arquivos

Meta

Páginas