Publicado em 22/03/16

Pimenta vermelha ou dedo de moça

Pimenta vermelha ou dedo de moçaCapsicum baccatum

Espanhol: Chilli; Francês: Poivre rouge;Inglês: Red pepper

Essa pimenta é encontrada principalmente no Brasil com facilidade em qualquer feira livre ou mercado. Sua ardência para os experientes é um pouco mais suave que a malagueta e ligeiramente mais picante que a jalapeño que também considero forte.

Se o nome pimenta rosa resultava em uma pimenta de ardência bem fraquinha, a cor vermelha da dedo de moça serve para nos alertar da alta picância. Seus frutos podem chegar a mais de 10 cm de comprimento e seu traço delicado nos faz lembrar realmente o dedo delicado de uma moça. Curiosamente seu desenho e formas ficaram marcados como símbolo de algo sexual, quente, erótico. Inclusive seu desenho é sistematicamente usado para logotipos de motéis, sex shops, produtos para público adulto entre outras variantes. Há quem defenda que o estímulo da mucosa oral pelo alimento seria equivalente ao efeito que teria no estímulo das mucosas genitais.

Voltando a pimenta vermelha, ela pode ser usada em muitos pratos e sua utilização deve ser cuidadosa. Por muitas vezes utilizei a dedo de moça em pratos que necessitavam de um toque apimentado e notei que a intensidade do sabor varia de acordo com aquela leva de pimentas. Utilizando a mesma medida de um dia para o outro se percebe diferenças marcantes na intensidade do ardor.

Com a pimenta dedo de moça pode-se preparar excelentes molhos e conservas. Uma boa dica é cortá-la em pequenas rodelas e acrescentar ao início dos refogados fritando-a junto do alho ou cebola assim dinamizando seu sabor. Caso não queira um efeito tão forte experimente apenas dar um corte longitudinal no corpo da pimenta e largá-la junto do prato que está em preparo. Ao servir não se esqueça de retirá-la.

A dedo de moça é muito utilizada na comida brasileira e mexicana podendo ser usado em quase todos os pratos tradicionais dos dois países. Na culinária italiana pode ser usada para apimentar o tradicional molho ao sugo, acrescido de salsinha fresca e alho, transformando-o no quente, saboroso e nervoso all´arrabbiata.

CATEGORIAS:
TAGS:
Autor
Prof. André Mafra

Andre Mafra

  Estudioso da área de culinária desde 2010, dedica-se a pesquisar e estudar sobre alimentação e especiarias. Realizou viagens aos… Continue lendo.

Instagram

Tópicos recentes

Comentários

Arquivos

Meta

Páginas